Monte o kit de som profissional ideal para o seu projeto
19/07/2018

Monte o kit de som profissional ideal para o seu projeto

Categoria | Lojista automotivo

Lojista automotivo: você certamente já pensou em expandir o seu negócio e diversificar o portfólio de produtos e a carteira de clientes. Além de continuar oferecendo as mais modernas soluções de sonorização para carros, não seria nada mal levar o prazer da música para residências, ambientes comerciais e outros espaços, ampliando as vendas e incorporando novidades ao seu estoque e leque de serviços. O segredo para fazer tudo isso começa por um recurso: kits de som profissional.

 

Assim como no mercado voltado para os carros, a sonorização de ambientes utiliza muitos dos equipamentos, técnicas e conhecimentos que você já tem. Qualquer projeto terá basicamente elementos como caixas acústicas, amplificadores, dispositivos de entrada e controle de áudio e conexões elétricas — até aí nenhuma mudança em relação ao que você já oferece na loja. Mas ao quê mais é preciso dedicar especial atenção?

 

Preparamos este post especialmente para ajudá-lo a entender que a incorporação de novos serviços e produtos à sua linha de trabalho é algo vantajoso, simples, e que pode te trazer novos clientes e aumentar a lucratividade do negócio. Leia!

 

O principal: praticidade

 

Não importa se o seu público é o consumidor final ou outra empresa: a maior parte de quem procura um profissional para a instalação de um sistema de som profissional quer que a solução considerada seja prática, acessível e entre em funcionamento o mais rapidamente possível. A época das grandes e complexas aparelhagens já acabou e, quanto mais conveniência você entregar, mais valor agregado o seu trabalho terá.

 

Para atender a esta expectativa, pense que, ao invés de sugerir a compra separada das caixas acústicas, amplificadores e módulos de reprodução de áudio ou conexão de equipamentos (como microfones e instrumentos musicais), já há soluções in-a-box disponíveis no mercado, com a qualidade técnica reconhecida e aprovada pelos mais diversos públicos. Esses kits já contêm os módulos de potência e os alto-falantes e podem ser dimensionados conforme o ambiente a ser sonorizado. Além de mais vantajosos do ponto de vista financeiro, são tecnicamente muito mais práticos e oferecem um diferencial importante na hora da decisão de compra.

 

O imprescindível: conectividade

 

A forma de consumir música mudou completamente. Se você se lembrar do que vendia e das necessidades dos clientes há 20 anos, vai se surpreender com o tipo de exigência que era feita: equipamentos potentes mas que rodassem CDs — de preferência vários deles, nos populares “magazines”. Depois, quem instalava um sistema de sonorização automotiva queria que os players tocassem CD-R e DVD-R para que pudessem ouvir e assistir músicas e vídeos gravados em casa mesmo a partir de arquivos MP3 e outros formatos.

 

Hoje, muitos carros ainda saem de fábrica com um equipamento que toca rádio e CD, mas poucos são os que não têm nenhum sistema auxiliar, como uma entrada P2 ou conexão Bluetooth para o celular. A popularidade e estabilidade das conexões de internet, sobretudo as móveis, abriu espaço para o streaming de áudio por meio de aplicativos como o Spotify e o Apple Music, e as pessoas querem que isso seja facilmente transmitido para o seu sistema de som.

 

Amplificadores que integram receivers e conexões sem fio são objetos de desejo nesse contexto. Alguns possuem até conectividade com aplicativos para Android, o que facilita ainda mais a integração deles aos projetos e kits de som profissional.

 

O ideal: planejamento

 

Para que qualquer sistema de som profissional — seja para uma igreja, loja, casa de eventos ou até mesmo para residências— dê certo, é fundamental que ele seja extremamente bem planejado. Quem está na área da sonorização automotiva já tem habilidade com uma das áreas mais importantes para o cliente: o acabamento. Assim como nos veículos, é importante que a instalação seja feita com capricho, qualidade técnica e dedicação para entregar o melhor. Nada de fios aparecendo, caixas acústicas que não combinam com o ambiente ou aparelhos posicionados de forma equivocada.

 

Além disso, você sabe que cada ambiente tem particularidades físicas específicas que podem interferir positiva ou negativamente no resultado final do som que será percebido. Para evitar surpresas desagradáveis, retrabalho e principalmente prejuízos, lembre-se sempre de estudar cada ambiente para desenvolver o projeto perfeito para o cliente. Considere as ondas sonoras estacionárias e escolha equipamentos de qualidade, de fabricantes que têm histórico de bom desempenho e resistência. Afinal, ninguém quer instalar um sistema em casa ou no seu estabelecimento comercial e depois ter que desmontar porque alguma coisa deixou de funcionar, não é mesmo?


Mas o mais importante: mantenha-se sempre atualizado com as novidades deste setor, por meio de materiais técnicos e blogs especializados no tema. Nesta área, estar à frente dos concorrentes em know-how e novidades é fundamental.

 

 

< Anterior Próximo >