Amplificador de som potente para sonorização profissional: o que avaliar na hora da escolha
16/03/2021

Amplificador de som potente para sonorização profissional: o que avaliar na hora da escolha

Em alguns projetos de sonorização, ter um amplificador de som potente pode fazer toda a diferença. Esse equipamento permite que os aparelhos passivos ganhem muito mais potência na transmissão do som, fazendo com que o usuário possa controlar exatamente a potência que deseja propagar em sua sonorização ambiente.

Se o seu objetivo é ter um projeto com uma sonorização de qualidade e marcante, continue lendo este artigo. Vamos mostrar o que você precisa avaliar na hora de escolher o amplificador de som potente para o projeto do seu cliente.

 

Quando usar um amplificador de som?

 

O amplificador de som centraliza todas as entradas e saídas de áudio e vídeo dos equipamentos passivos, com o objetivo de proporcionar um desempenho maior na transmissão. Por isso, podem ser usados para amplificar ou corrigir o sinal sonoro. 

O sistema funciona como um intermediário entre o equipamento reprodutor do som e os alto-falantes. Assim, os equipamentos transmitem um som mais potente e conseguem eliminar qualquer distorção. O aparelho também pode ser usado para controlar o som. Veja algumas vantagens do amplificador de som:

  • amplifica o sinal para levar mais potência ao som;
  • centraliza as entradas e saídas dos dispositivos em um só lugar;
  • ajuda a recuperar alto-falantes antigos, que não estão mais em uso.

O equipamento oferece, desta forma, muitas vantagens que permitem aos usuários desfrutarem de um som com muito mais qualidade e potência. No entanto, é preciso ter atenção com relação a alguns aspectos na hora de escolher ou indicar um amplificador de som potente para seus clientes.  Confira a seguir.

 

6 cuidados na hora de escolher um amplificador de som potente

 

Objetivo de uso

Saber o objetivo de uso do equipamento é o primeiro passo, pois isso vai determinar qual o tipo de amplificador necessário para o local. Ambientes comerciais, por mais que sejam parecidos, têm suas particularidades e características individuais. Por esse motivo, não é recomendável usar o mesmo amplificador em um shopping e um supermercado, por exemplo, e cada caso deve ser avaliado individualmente.

Um projeto de sonorização deve ser sempre personalizado de acordo com as necessidades dos usuários e do ambiente em que será instalado.

 

Potência

Se o objetivo é ter um amplificador de som potente, alguns aspectos devem ser observados, como a resistência e a frequência. A potência em watts se refere à carga ou resistência elétrica do equipamento, que é medida em ohms e é chamada de impedância.

Em relação à frequência, é preciso observar a potência em watts por canal e a impedância a qual se refere. Do contrário, ao conectar o equipamento a alto-falantes com menor impedância, o sistema pode sofrer uma pane. Por segurança, considere 100 watts por canal para salas de tamanho médio.

 

Canais do receptor A / V

Os canais do receptor podem proporcionar uma experiência mais ou menos imersiva, a depender da configuração escolhida. Saiba quantos alto-falantes e os tipos que serão conectados ao amplificador, e também prefira modelos compatíveis com pelo menos um sistema de som 5.1.

 

Processamento de som

Se o equipamento for mais antigo, verifique se o conversor de som digital integra o amplificador de som. O mais indicado é usar um conversor que trabalhe a 384 kHz / 32 bits. Para equipamentos mais novos e modernos não é preciso se preocupar com isso: os sistemas já contam com sistemas de correção acústica, que modificam o sinal de saída do som de acordo com as características do ambiente. 

 

Compatibilidade com padrões de som surround

A compatibilidade com padrões de som surround é importante para ter um som mais dinâmico, de qualidade profissional e promover uma imersão sonora para o usuário. Os padrões mais populares são Dolby True HD, DTS-Master, Ultra HD, Dolby Atmos e DTS: X.

 

Conectividade

Por fim, a conectividade é importante para a autonomia do sistema de som. Uma conexão sem fio, como Bluetooth e WiFi, permitem a reprodução do som diretamente dos celulares, tablets e outros dispositivos. 

 

Leve em consideração também as compatibilidades de sinais de imagem. A transmissão de sinal 3D e 4K tem sido muito procurada pelos clientes residenciais, mas também podem ser adotados em projetos comerciais. O amplificador precisa contar com uma entrada HDMI 1.4, portas HDMI 2.0 ou superior. Isso evitará que o equipamento desatualize muito rápido.

 

Conheça algumas opções de amplificador de som potente

Dentre as opções disponíveis no mercado, a Frahm é uma fabricante com  60 anos de experiência que conta com soluções de alta tecnologia para sonorização. Conheça alguns exemplos dos nossos produtos na linha de amplificador de som potente.

 

Amplificador Slim 4500 Optical

Recomendado para projetos de até 60 caixas ou arandelas, sendo 15 por canal, com Ohms de potência cada uma, o Slim 4500 Optical permite sonorizar até 4 setores de forma independente e também mesclando fontes diferentes. O produto trabalha com a impedância mínima de 4 Ohms, e recomenda-se fortemente utilizá-lo quando há necessidade de setorização ou de instalar caixas com grande distância em relação ao amplificador.

 

Amplificador GR 5000 APP

Com 600W de potência, o amplificador GR 5000 APP faz parte da linha GROOV de amplificadores. Desta forma, é também desenvolvido com a mais alta tecnologia em engenharia de áudio para entregar o som mais potente possível. De fácil instalação e visual moderno, o amplificador reproduz som em alta definição e é recomendado para usos de médios a grandes ambientes.


Precisa de ajuda para montar o sistema de sonorização do seu cliente? Nossa equipe pode te ajudar, preencha o formulário e solicite o seu projeto!

 

Projeto pronto frahm

< Anterior