Como gerenciar o estoque da sua loja de sonorização de ambientes
27/02/2020

Como gerenciar o estoque da sua loja de sonorização de ambientes

Gerenciar o estoque de qualquer tipo de negócio não é uma das tarefas mais fáceis da rotina administrativa dos empreendedores. Em algumas atividades, a habilidade para isso pode ser o fator determinante de sucesso ou fracasso da iniciativa. No caso da loja de sonorização de ambientes, a dedicação e o controle rigoroso da operação devem ser ainda mais destacados.

 

Como em diversos outros tipos de comércio, ter muita coisa armazenada significa dinheiro parado e desequilíbrio financeiro — e isso pode comprometer desde a entrega de produtos modernos até a prestação do bom serviço de instalação e consultoria que você pode prestar para os seus clientes. É claro que esse não é o seu objetivo, e é por isso que nossos especialistas produziram este guia exclusivo para você gerenciar o estoque da sua loja de sonorização de ambientes com maestria.

 

Nele você vai descobrir que perseguir o maior prazo para o pagamento junto aos seus fornecedores, lutar pela redução do tempo que o pagamento do seu cliente leva para cair na sua conta e empregar o menor capital possível no estoque são as bases da gestão do seu empreendimento. Quer descobrir como? Então veja aqui algumas das dicas que você verá no guia:

 

Controle total do estoque

 

É importante dar plenos poderes ao seu gestor financeiro sobre o estoque. Mas não basta entregar o problema pra ele, é fundamental dar condições de trabalho para que os resultados apareçam.

 

O primeiro detalhe a ser observado é a capacidade de organização prévia para que o gerenciamento comece. Isso pode ser feito a partir da elaboração de uma ficha de estoque, preferencialmente digital, que precisa conter algumas informações básicas. Quer saber quais são elas? Clique aqui e baixe o nosso guia sobre como gerenciar o estoque da loja de sonorização de ambientes agora!

 

Calcule o giro das mercadorias

 

Ao implementar um sistema com as fichas de estoque, é possível saber como os produtos que você comprou do fabricante “se comportam” na sua empresa. Quanto tempo ele ficou aguardando a venda? Quanto custou? Quando será preciso comprar mais unidades?

 

Esse tipo de informação é fundamental para ajudar a aliviar as contas da sua empresa, já que a aquisição de novos amplificadores, caixas de som, arandelas e outros itens pertinentes à sonorização de ambientes pode ser feita de forma mais planejada.

 

Uma ferramenta que costuma ajudar neste processo é a Curva ABC. Aqui no Guia você vai descobrir como aplicá-la. A lógica é a seguinte:

 

  • A: produtos mais importantes, com maiores custos ou quantidades, que correspondem a 20% do total. Podem ser equipamentos que são o alvo de 65% da demanda durante determinado período;
  • B: têm valor ou quantidade intermediários, e correspondem a 30% do total — podem ser aparelhos que têm demanda média de 25% em determinada época;
  • C: menos importantes, mais baratos ou existentes em quantidade reduzida. Costumam ser 50% do total e têm procurar baixa — no máximo 10% do buscado pelos clientes num determinado período.

 

A comparação proposta pelo modelo matemático é a seguinte: a maior parte do capital (80%) está na menor quantidade de itens (20%). É isso que embasa a orientação de investir o estritamente necessário em estoque, nem mais, nem menos.

 

Organize visualmente o estoque

 

Um dos maiores influenciadores de venda disponíveis pra você são os olhos do cliente. Sim, pois se ele pode ver o produto, tocá-lo e até ter uma demonstração de funcionamento, fica mais fácil convencê-lo a comprar.

 

Isso tem tudo a ver com o gerenciamento de estoque. Organizar um showroom mesmo que pequeno é fundamental para que o cliente se sinta bem atendido e saiba que você lhe oferece as principais inovações no mercado de sonorização de ambientes.

 

E na parte interna, onde o cliente não pode ir, nada de bagunça: mantenha o estoque organizado e limpo, sem caixas que se amontoam e equipamentos guardados de qualquer jeito. Lembre-se: é o seu dinheiro que está ali e cabe à você mantê-lo da melhor forma possível.

 

Escolha bem o seu fornecedor

 

Com a demanda crescente pela redução dos prazos de entrega dos produtos, o empreendedor do ramo da sonorização de ambientes deve ponderar muito bem alguns fatores que podem fazer com que o cliente deixe de comprar dele e recorra à internet. Um deles é a demora desde o pedido/pagamento até o recebimento da mercadoria.

 

Nas lojas físicas, esse problema costuma ter causas bastante claras:

 

  • gerenciamento de estoque ruim, o que atrasa a separação e entrega;
  • distância de rotas eficientes (estradas, por exemplo);
  • demora excessiva para a entrega pelo fornecedor.

 

Todos esses entraves precisam ser combatidos, mas o último, de forma especial, deve ganhar boa parcela da sua atenção. Para resolver, é fácil: escolha empresas que têm centros de distribuição perto de onde você atua e fabricam localmente.

 

Os benefícios tendem a ser vários, como a rapidez no processo de faturamento e remessa das mercadorias para os pontos de venda e a manutenção, mais célere do que a daqueles equipamentos que não têm fábrica nem técnicos autorizados no país.

 

Além disso, esses fabricantes costumam desenvolver linhas de produtos específicas para o mercado brasileiro, em sintonia com a expectativa dos consumidores. Isso ajuda a lidar com a gestão do seu estoque: se é um produto desejado, não ficará parado na sua prateleira.


Para outras dicas que vão fazer a diferença no seu negócio de sonorização de ambientes, acesse o nosso site e leia o nosso blog.

 

Gerenciar estoque

< Anterior Próximo >