Fluxo de caixa para instaladores de som: como não comprometer a saúde financeira do seu negócio
16/08/2019

Fluxo de caixa para instaladores de som: como não comprometer a saúde financeira do seu negócio

Controlar as entradas e saídas de recursos de uma empresa, por menor que ela seja, é fundamental para a saúde financeira do negócio. Esse movimento é o que chamamos de fluxo de caixa, uma das ferramentas gerenciais mais importantes para organizações de todos os setores e tamanhos. Quer saber como estruturá-lo? Então baixe agora o infográfico “Fluxo de caixa para instaladores de som: como não comprometer a saúde financeira do seu negócio”.

 

De uma maneira simples e direta, você vai conferir o que deve ser registrado em um fluxo de caixa, como proceder em casos de saldo positivo ou negativo e a maneira correta de fazer estimativas. O conteúdo é gratuito e oferece dicas valiosas para os instaladores de som que desejam profissionalizar o seu negócio para crescer de forma sustentável.  

 

Porque o fluxo de caixa é tão importante

 

Quantas vezes você já não se deparou com situações em que por mais que a demanda por instalações de som estivesse aquecida, o saldo em caixa parecia não aumentar? Esse tipo de problema pode ter várias causas, entre elas a alta taxa de inadimplência ou uma diferença grande entre os períodos de recebimento e pagamento.

 

Um fluxo de caixa bem feito permite ao empresário se antecipar a casos como esse, ajudando a melhorar o controle das receitas e despesas e a aperfeiçoar a gestão financeira. Para isso, é preciso inserir informações de entrada e saída de recursos, sem nunca esquecer de contabilizar itens como impostos, despesas bancárias e financeiras.

 

Projetar pagamentos e recebimentos também é muito importante para que as contas levem a um cenário mais próximo possível da realidade. Com os resultados em mãos, é possível calcular a rentabilidade e a lucratividade do seu negócio e pensar em ações futuras.

 

Para quem não tem familiaridade com o tema, no entanto, essa pode ser uma tarefa bastante complexa. É por isso que nós, da Frahm, pensamos neste infográfico. Você vai ver que organizar as finanças da sua empresa é mais fácil do que parece. Bastam seguir alguns passos para manter as contas sempre em dia.

 

Melhore a sua gestão financeira com o fluxo de caixa

 

Ao elaborar o fluxo de caixa, o instalador de som consegue avaliar a disponibilidade imediata de recursos e a liquidez da empresa. Além disso, passa a ter uma visão mais clara da sua situação financeira, o que ajuda na tomada de decisão. A partir desse diagnóstico, é possível avaliar se é necessário reduzir despesas, negociar prazos ou até mesmo pensar em investimentos.

 

No infográfico que preparamos você vai entender como essa ferramenta funciona e o que fazer em casos de situação deficitária ou superavitária. É importante ressaltar que o saldo em caixa não indica que a empresa tenha lucro ou prejuízo na sua operação. Ele é um instrumento para que o empresário possa agir rapidamente com o objetivo de reverter algo que não está indo bem ou manter o que está funcionando.

 

Ao longo do conteúdo você vai ver que a primeira providência a ser tomada se a sua empresa estiver no vermelho é identificar as causas. A partir daí, é preciso traçar estratégias que sejam eficazes para contornar as dificuldades e também para o crescimento da empresa. 

 

Ao fazer o download gratuito do material você terá acesso ainda a uma planilha de fluxo de caixa produzida pelo Sebrae. É uma ótima oportunidade para quem quer profissionalizar o seu negócio, mas não sabe por onde começar. Portanto, não perca tempo! Baixe agora o infográfico “Fluxo de caixa para instaladores de som: como não comprometer a saúde financeira do seu negócio”.

< Anterior Próximo >