O que é subwoofer e por que você precisa dele
22/04/2020

O que é subwoofer e por que você precisa dele

Você sabe o que é subwoofer? Provavelmente, você nunca ouviu falar sobre esse recurso, mas saiba que ele é essencial para um projeto de som ambiente. Podemos dizer que o subwoofer é responsável por fazer sentir a emoção que a música proporciona. Sabe aquele grave presente na música ou no som? É o subwoofer que reproduz.

 

Um projeto de som é desenvolvido com diferentes objetivos, por isso, é importante entender melhor sobre os equipamentos que são utilizados em sua formação. Esse conhecimento vai permitir que você escolha os recursos necessários para atingir o objetivo desejado. Neste artigo, você vai entender o que é subwoofer e porque o seu projeto precisa dele. Confira!

 

O que é subwoofer?

 

Subwoofer é um alto-falante específico para reproduzir frequências baixas, responsáveis pelo sons mais graves nas músicas e áudio em geral. O equipamento cobre frequências que vão de 20 a 200Hz e foi desenvolvido para potencializar uma faixa específica do espectro de som. 

 

Sons de baixa frequência são mais difíceis de serem alcançados pelos alto-falantes, o subwoofer resolve esse problema, proporcionando maior potência. Os subwoofer são encontrados em diferentes níveis, mas o objetivo de uso é sempre o mesmo. 

 

Por que um subwoofer é importante para o seu projeto de som?

 

Subwoofer é responsável por fazer você sentir a emoção do som, seja na música ou no áudio de um filme. Quando você está vendo uma cena de suspense, a trilha sonora é fundamental para fazer o seu corpo arrepiar de medo, mas isso só é possível porque o subwoofer está potencializando os graves do áudio. Aquelas cenas de ação com helicópteros, explosões e barulhos que fazem tremer toda a sala acontecem porque o conjunto de som conta com um subwoofer. Por isso, é um recurso fundamental em salas de cinema e equipamentos de home theater. 

 

Apesar de tão necessário para qualquer projeto de sonorização, a maior parte das pessoas sequer sabem de sua existência. Percebem apenas quando o projeto não tem um subwoofer, pois sentem o som “mais fraco”, sem aproveitar todo o potencial da música ou de efeitos sonoros. 

 

Hoje em dia, é mais fácil encontrar kits prontos que já contam com subwoofer. Se o seu projeto foi ou vai ser desenvolvido por técnicos, não se preocupe. O subwoofer vai fazer parte, mas se o objetivo é montar todo aparato de som sozinho, não esqueça de incluir o equipamento em sua lista. 

 

Como escolher um subwoofer para o seu projeto de sonorização

 

Os subwoofers são divididos em dois tipos: 

 

  • Ativos 
  • Passivos

 

Os modelos ativos são os mais recomendados no mercado. Em geral, os modelos ativos contam com seu próprio sistema de amplificação. 

 

Além disso, também são os mais comuns e contam com maior variedade. O equipamento pode ser encontrado em versões com ou sem fio, facilitando o uso e a mobilidade.  

 

Os modelos passivos não contam com amplificação própria, por isso, são dependentes de elementos externos. O funcionamento depende da conexão com outros aparelhos ou por cabo A/V, pois não contam com fonte de alimentação de energia.

 

Há também dois tipos de caixa de subwoofer: 

 

  • Caixa Bass Reflex: é o modelo mais usado, tem saída de ar externa, exige menos potência para reproduzir os graves, proporciona uma experiência melhor com baixas frequências e está disponível em mais opções.

 

  • Caixa Selada: o modelo não tem nenhuma abertura, tem uma resposta mais uniforme e não distorce o volume do som. Tem uma boa resposta temporal, mas a curva de atenuação de som não é muito pronunciada. 

 

O objetivo de uso do equipamento deve ser determinante em sua escolha. O projeto de som é para área interna ou externa? Salas de TV não exigem tanta potência do subwoofer, diferentemente de ambientes abertos. 

 

Além disso, projetos residenciais e de lazer não exigem um grande investimento. O subwoofer pode ser encontrado em diversos preços, que vão variar de acordo com:

 

  • tamanho da caixa, 
  • frequência,
  • potência. 

 

Leve em consideração que você terá que investir em outros equipamentos. Priorize sempre a qualidade do seu som. Na dúvida, contrate um especialista para te ajudar. Aparelhos mais específicos, como é o caso do subwoofer, exigem uma orientação técnica para evitar falhas e frustração. 


Faça o seu projeto gratuitamente com a Frahm. Entre em contato com a nossa equipe e tire suas dúvidas. Para mais informações sobre projetos de sonorização, acesse nosso blog e materiais educativos!

< Anterior Próximo >