Como não errar no projeto de som para área de lazer
09/02/2021

Como não errar no projeto de som para área de lazer

O principal objetivo de um projeto de som para área de lazer é tornar o ambiente um local agradável para voltar a reunir pessoas, promover a convivência e proporcionar bons momentos a todos quando a pandemia acabar. No entanto, alguns erros nas etapas que envolvem a criação de um projeto podem acabar interferindo no seu pleno funcionamento, impedindo que todos esses benefícios sejam alcançados.

Para evitar erros no projeto de som para área de lazer, é preciso desenvolvê-lo de forma estratégica. Ou seja, entender as características e particularidades que vão influenciar no resultado de toda sonorização. Neste artigo, listamos algumas dicas que vão te ajudar a acertar em seu projeto de som para área de lazer. Confira!

 

Os diferentes tipos de área de lazer

 

Quando falamos em área de lazer, normalmente pensamos logo na churrasqueira, piscina ou varanda de uma casa. No entanto, é importante ter em mente que existem diferentes tipos de área de lazer, sendo que qualquer ambiente, residencial ou comercial que proporciona algum tipo de descontração para as pessoas que vão utilizá-lo pode ser considerado como tal.

Dessa forma, uma área de lazer pode ser tanto a sala de estar, cozinha ou área gourmet de uma casa, quanto um lounge, copa, ou sala de jogos de uma empresa. Além disso, outros ambientes compartilhados, como piscina, churrasqueira, pátio etc. também são áreas de lazer. 

Para executar um bom projeto de som para área de lazer é importante identificar todos esses ambientes, pois cada um conta com suas particularidades, que podem influenciar no resultado final. Por esse motivo, na hora de desenvolver o projeto, é importante conhecer bem o espaço e seus objetivos. Ou seja, o local será utilizado por uma família e seus amigos ou pelos funcionários da empresa? Haverá qual quantidade de pessoas em média no espaço? Que tipo de momentos de lazer ou de eventos serão realizados?

Pensar nesses e outros fatores vão ajudar no desenvolvimento de um projeto de som alinhado com as expectativas do cliente. 

 

5 dicas para não errar no projeto de som para área de lazer

 

Confira a seguir as 5 dicas que separamos para você sobre como não errar no projeto de som para área de lazer, pensando sempre nos objetivos do seu cliente com a ideia.

 

#1 Saiba quem vai usar o sistema de som

 

O projeto de som para área de lazer pode ser desenvolvido para um ambiente comercial ou residencial e em qualquer um dos casos, pessoas diferentes vão usar. No caso do projeto comercial, por exemplo, uma pessoa será responsável por controlar o som. Os usuários do local vão apenas aproveitar o sistema. Na sonorização residencial, mais de uma pessoa vai usar o sistema. 

Essas informações vão influenciar nos comandos e na acessibilidade que o sistema deve ter. Se for preciso comandá-lo à distância, por exemplo, a conectividade com alguns sistemas é fundamental.

 

#2 Avaliação técnica no local

 

A avaliação técnica vai proporcionar informações importantes para a definição do projeto. Por exemplo, o tipo de caixa acústica que será usada, a quantidade de caixas e o seu posicionamento. Além disso, na avaliação, o profissional consegue identificar se é necessário fazer algum tratamento acústico no ambiente. 

É nesta etapa que as características do ambiente e os objetivos do cliente serão alinhados dentro das possibilidades que existem, para que o melhor resultado seja possível.

 

#3 Intensidade do som no ambiente

 

A área de lazer pode ser aberta ou fechada, grande ou pequena, com pé direito alto ou baixo, com poucos ou muitos móveis etc. Nenhum ambiente é igual ao outro, e as características de cada espaço influenciam diretamente no projeto de som.

Independentemente disso, o som deve preencher todo o ambiente, permitindo que todos o aproveitem. Isso não quer dizer que o som deve ser muito alto: pelo contrário, alguns projetos são desenvolvidos com menor potência, pois o objetivo é que as pessoas consigam interagir no local. Por isso, o tipo de uso do ambiente também deve ser considerado no projeto. 

 

#4 Qualidade em primeiro lugar

 

A qualidade é o fator mais importante em um projeto de som para área de lazer. Afinal, todos estão no ambiente para aproveitar o local e um som de má qualidade pode prejudicar essa experiência. 

O ideal é que o ambiente sonorizado seja versátil, possibilitando que as pessoas conversem, interajam e aproveitem o espaço de diferentes formas. Por isso, os equipamentos de som instalados devem ser de qualidade, mas o projeto como um todo também deve priorizar esse aspecto.

 

#5 Contratar o projeto com um especialista

 

Um profissional técnico vai desenvolver o projeto considerando todos os aspectos que citamos neste artigo e, principalmente, fazendo uma avaliação criteriosa do ambiente. Serão avaliadas na ocasião as características do espaço, será realizada uma conversa com o cliente para entender suas necessidades e, com base nisso, será alinhado o orçamento disponível para o projeto.

Além de escolher os equipamentos ideais para o projeto e orientar o trabalho do profissional de instalação. A Frahm desenvolve produtos com o que há de mais moderno em tecnologia de sonorização, aliando design, qualidade e potência. Ao desenvolver o projeto com a Frahm, você tem a garantia de uma sonorização personalizada e adequada para as necessidades do clienteQuer ganhar um projeto de sonorização da Frahm? Preencha o formulário e veja como conseguir o seu.

 

Passo a passo para a instalação da sua caixa para som ambiente

< Anterior Próximo >