Sistema de som ambiente wireless: tudo o que você precisa saber
19/10/2018

Sistema de som ambiente wireless: tudo o que você precisa saber

Categoria |

Dentro de dois anos o mundo terá 50 bilhões de equipamentos conectados à internet. São tablets, smartphones, computadores, televisões inteligentes e diversos outros tipos de equipamentos, sobretudo os voltados à comunicação e ao entretenimento. Esta previsão considera essencialmente aparelhos sem fio, já que a possibilidade de inserir mais máquinas na rede com cabos elimina uma das características mais importantes para o usuário: a mobilidade. Mas qual é a relação que isso tem com os sistemas de som ambiente wireless?

 

Todas, a considerar que a revolução proporcionada pelas conexões banda larga móveis ou fixas e a popularização de serviços de assinatura de streaming revolucionou a forma como as pessoas consomem conteúdo. Ao contrário do que muita gente pensava, um levantamento recente da Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI na sigla em inglês) apurou que as receitas geradas pelos vários modelos de negócio do setor de música gravada cresceram 8,1% em 2017 na comparação com o ano anterior, gerando um montante de US$ 17,3 bilhões em faturamento. Essas receitas incluem direitos de execução pública, valores recolhidos sobre as músicas utilizadas em obras audiovisuais e publicidade e reprodução via streaming.

 

Há cerca de 200 milhões de assinantes de plataformas de distribuição de áudio e vídeo ativos no mundo atualmente. Eles geram receita próxima dos US$ 6,6 bilhões e formam a principal fonte de lucro do setor fonográfico mundial. O Brasil é o nono país em que o consumo de música por streaming acontece com mais intensidade, e isso está diretamente relacionado à aquisição e uso frequente de dispositivos móveis.

 

Som ambiente wireless: mobilidade e qualidade técnica

 

A principal plataforma de consumo de aplicativos de streaming é mobile. São celulares, tablets e notebooks que, conectados à internet, permitem que o usuário leve a sua biblioteca de músicas para onde for, com a mesma qualidade e muito mais portabilidade do que teria usando mídias físicas tradicionais.

 

Essa característica contemporânea da forma de escutar obras musicais é um dos principais pontos a serem considerados na hora de escolher quais aparelhos vão integrar o sistema de som ambiente de uma casa, por exemplo. O público não procura por sistemas que exigem conexões físicas, fios e cabos espalhados; quanto mais Plug & Play for o equipamento, melhor.

 

Neste sentido, o ideal é que os componentes de um som ambiente wireless ofereçam protocolos de comunicação modernos e populares, como os padrões Bluetooth e Wi-Fi. Esses sistemas se popularizaram, respectivamente, pela comunicação entre celulares e por permitir o acesso à internet sem fio, mas como ondas de rádio que são, têm capacidade de transportar informações mais complexas, como sinais de áudio. Por meio das altas frequências a música trafega de um cômodo da casa para outro sem interrupções e com qualidade digital, exatamente como se o ouvinte estivesse em frente a um minisystem que reproduz um CD, por exemplo.

 

Praticidade

 

Ao optar por um sistema de som ambiente wireless, o consumidor procura expandir as possibilidades que teria se usasse um equipamento cabeado. Além de desejar poder se locomover pelo espaço sem ter que se preocupar com fios metálicos, não precisar passar cabos por dentro de paredes nem ter que configurar o pareamento entre o dispositivo mobile e o receiver conta muitos pontos na hora da decisão de compra. A integração tem que ser onipresente, fácil e rápida para evitar a perda de tempo e a interrupção no fluxo de dados.

 

Esse tipo de praticidade também vale para espaços que vão além das casas. Salas comerciais e consultórios médicos, por exemplo, podem ter a música ambiente gerenciada de forma extremamente simplificada a partir do toque em uma tela. Isso é importante porque a interface intuitiva e amigável dos aplicativos elimina a necessidade de conhecimento técnico ou deslocamento por parte do operador, que não precisa ir até um rack e mexer em potenciômetros e outros botões para baixar o volume ou acionar teclas para mudar uma faixa.

 

Além do conforto, investir em sistemas de som ambiente wireless está alinhado com a inovação e a automação de casas e espaços comerciais. Esta tendência tem colocado cada vez mais o controle total dos lugares nas mãos dos seus ocupantes — literalmente —, que conseguem desde acender luzes até solicitar as compras periódicas pela internet.


Esteja atento sobre as possibilidades que as conexões sem fio proporcionam para os consumidores e aproveite as facilidades para transformar o seu portfólio. Nos nossos blog e site você encontra todas as informações para fazer isso da maneira mais profissional e rentável possível.

< Anterior