Som para comércio: o que levar em conta para montar a sua loja
16/09/2021

Som para comércio: o que levar em conta para montar a sua loja

Investir em som para comércio ainda não é uma estratégia tão amplamente utilizada quanto seria possível. A verdade é que isso acontece porque muitos comerciantes ainda veem essa prática como algo não tão necessário porque outros tipos de investimentos são vistos como prioritários. Mas o que esses empreendedores não avaliam é que, ao contar com um sistema de som na loja, poderiam vender mais e aumentar seus lucros.

 

A música é fundamental para os ambientes comerciais porque influencia diretamente no comportamento e no emocional do cliente. Uma pessoa que é impactada pela música certa pode consumir mais e atrair outros consumidores para a sua empresa. Neste artigo, você vai ver porque a sonorização de ambientes comerciais é importante e como montar uma.

 

Por que sonorizar ambientes comerciais?

 

A música pode afetar subconscientemente o humor e influenciar os comportamentos de compra das pessoas. Um tipo de som que remete a boas lembranças, estimula o prazer no consumidor e faz com que ele queira passar mais tempo no ambiente. Como consequência, tende a comprar mais.

 

Por outro lado, se a música causa efeito negativo ao consumidor, fazendo com que ele tenha lembranças e sensações ruins, a tendência será ele abandonar o ambiente. O som para comércio é um tipo de estratégia, pois causa estímulos que o consumidor nem sempre é capaz de controlar. 

 

Como a reação à música acontece de forma involuntária, o consumidor age mais pela emoção do que pela razão. Isso não influencia apenas na compra de produtos, mas sim com qualquer relação comercial entre empresa e cliente.


Em uma clínica médica, por exemplo, o cliente não vai marcar mais consultas ou demorar mais em seu atendimento para permanecer no local. A diferença é que ele vai guardar aquela memória como uma experiência positiva que viveu naquele lugar. Assim, quando precisar retornar ao médico, vai lembrar do atendimento de qualidade e da tranquilidade que sentiu em seu atendimento.

 

Tipos e objetivos de sonorização por ambiente

 

A sonorização de ambientes pode ser utilizada em qualquer tipo de estabelecimento. Até mesmo aqueles que não têm um objetivo comercial tão claro, como é o caso de serviços de saúde. 

 

O objetivo de uma clínica médica, odontológica ou hospital não é vender os serviços, mas sim oferecer um atendimento de saúde de qualidade para o paciente. Para contribuir com isso, é possível criar um ambiente agradável, aconchegante e atrativo para os pacientes. Isso pode fazer com que eles reconheçam o local como referência e indiquem para outras pessoas.

 

—> Veja as dicas da Frahm para sonorizar um ambiente profissionalmente!

 

Em outros ambientes, como escolas, supermercados e shopping centers, a sonorização pode ter alguns objetivos. Um dos principais é a comunicação. Além de promover um ambiente agradável, os alunos e clientes de mercados ou shoppings precisam receber avisos frequentes. O som para comércio nesses casos, garante que o ambiente vai receber os equipamentos e o projeto adequado para atender às necessidades dos envolvidos.

 

Academias estão entre os ambientes que mais investem em sonorização. No local, o som tem o objetivo principal de estimular os alunos em suas atividades físicas. Uma academia com uma sonorização inadequada pode perder clientes. O mesmo aconteceria com um restaurante, onde a falta de estratégia no projeto pode afastar o público. As formas de uso são diversas e, com certeza, a sonorização pode ajudar o seu negócio também.

 

—> 4 benefícios da sonorização para restaurantes!

 

Como montar um projeto de som para comércio

 

A seguir, confira algumas dicas para colocar o seu sistema de som para comércio em prática.

 

#1 Definição de objetivos

 

O que você pretende com esse projeto? Quer atrair mais clientes, aumentar suas vendas ou tornar o seu estabelecimento um local agradável para o público? Essas informações são importantes para direcionar os tipos de equipamentos e instalações que serão usados no local. 

 

O tipo de ambiente também é uma informação que deve estar no descritivo do seu projeto. Nessa parte, você deve, ainda, definir quanto pretende investir.

 

#2 Avaliação técnica no local

 

A avaliação técnica consiste na análise do ambiente. O processo deve ser feito por um profissional que vai observar as características do estabelecimento, fazer as medições necessárias, identificar problemas de acústica etc.


A partir dessas informações, o profissional consegue desenvolver uma planta com os pontos onde cada equipamento será instalado. Além disso, o técnico também informará se é necessário fazer ajustes para corrigir falhas de acústica no ambiente.

 

#3 Escolha dos equipamentos

 

Com base nas informações coletadas na avaliação do ambiente, o técnico também vai definir quais equipamentos serão utilizados. Nesta indicação, o profissional informa quais recursos podem ser usados, como devem ser instalados e porque. 

 

A você, caberá escolher com qual fornecedor vai comprar os aparelhos, mas em geral, os instaladores orientam sobre as melhores marcas, além das características que cada recurso deve ter.

 

—> Conheça os benefícios do alto-falante de teto!

 

Por fim, vem a última etapa: a instalação. Esse processo também deve ser realizado por um profissional. Isso vai garantir que os equipamentos foram instalados corretamente e evitar que você tenha problemas no futuro.


Quer aprender mais sobre som para comércio? Baixe o guia completo sobre sonorização de ambientes comerciais!

 

< Anterior Próximo >