Como montar um som residencial de qualidade para seus clientes
29/01/2019

Como montar um som residencial de qualidade para seus clientes

Em casa, seja para assistir um filme ou ouvir as músicas preferidas, tudo o que o consumidor moderno quer é viver uma experiência completa. Para satisfazer seus anseios, o mercado oferece uma série de recursos tecnológicos que prometem inúmeras vantagens. Mas basicamente três itens — fonte de áudio, amplificador e caixas acústicas — são os mais importantes para ter um sistema de som residencial de qualidade. Ao escolhê-los corretamente é possível obter uma experiência de alta qualidade, mas o que deve ser levado em consideração para isso acontecer? Diante de tantas opções de modelos, características, aspectos estéticos e preços de equipamento, você sabe como planejar, preparar e instalar o sistema perfeito para o seu cliente?

 

Comprar equipamentos de som residencial de forma individual ou mesmo o sistema com tudo incluído se torna indiferente quando não se faz ideia do que precisa escolher e o que de fato está escolhendo. E não adianta crer que pagar mais caro pelo som é a melhor opção para ter a esperada qualidade. Adotando alguns critérios, você tem como considerar a melhor oferta entre custo e benefício para atender suas demandas.

 

Som residencial de qualidade: necessidade e orçamento do cliente mostram a direção

 

A sonorização de um espaço, seja ele comercial ou residencial, tem um papel fundamental na tarefa de deixá-lo mais confortável. Um dos primeiros e mais importantes passos para isso é escolher os equipamentos e montar um som de qualidade. Mas para que essa escolha seja feita de forma mais consciente pelo cliente, é importante considerar algumas questões:

 

  • Quantas vezes o cliente costuma ouvir seu som?
  • O cliente espera usar o sistema para música de fundo ou a música é sua paixão e ele pretende fazer audições mais detalhadas e apuradas?
  • Mais alguém em sua casa vai usar o sistema de som? E, caso haja, quais as preferências dos outros membros dessa família?
  • O sistema será usado apenas para ouvir exclusivamente a músicas ou será usado também para exibição de filmes e jogos?
  • Quais tipos de mídias serão usadas no sistema (LP, CD, DVD, Blu-Ray)?
  • Quanto o cliente está disposto a investir na aquisição do equipamento?

 

Depois de tomar nota de todos os desejos do cliente, estabelecer uma faixa de preço é o próximo passo. Para isso, considere as necessidades e a importância do sistema. Se o objetivo for ter uma experiência completa com música, jogos e filmes, o ideal é contar com um sistema de som com componentes de áudio adquiridos separadamente, e o custo neste caso poderá ser mais alto. Mas o resultado justificará o investimento.

 

Agora, se para o cliente o sistema de som não for extremamente importante e seu objetivo for usá-lo para música de fundo ou para ouvi-las durante o trabalho ou descanso, vale considerar a instalação de um sistema de som ambiente projetado especialmente para essa função. Ele costuma ser mais barato e oferecer uma resposta audível compatível  com a proposta do lugar.

 

Cuidados de avaliação

 

Um projeto de instalação de som residencial de qualidade deve incluir em seu cronograma, obrigatoriamente, uma visita técnica para avaliação do espaço onde o sistema será instalado. Conhecer o ambiente em detalhes contribui para que o trabalho seja bem executado.

 

Fique atento aos seguintes pontos:

 

  • verifique se o ambiente possui objetos como móveis, cortinas e vidros, interferindo na propagação das ondas sonoras;
  • caso seja necessário furar a parede para a passagem de fios e instalação das caixas de som, verifique a passagem de tubulações. Certifique-se que a rede hidráulica não irá comprometer a instalação do sistema de som;
  • anote a altura do ambiente (pé direito) e a área em metros quadrados (m²);
  • cheque o material das paredes e divisórias;
  • não esqueça de avaliar a disposição do ambiente para o fluxo de ar. Lembre-se que espaços com correntes conflitantes e frequentes exigem caixas acústicas com mais potência.

 

O importante após tomar todos esse cuidados é oferecer ao cliente equipamentos modernos e de qualidade. Leve em consideração fabricantes brasileiros. Há muitas opções de som sendo desenvolvidas no cenário nacional, e isso é um diferencial importante: itens estrangeiros, quando não têm dificuldades no pós-venda, podem ser incompatíveis com características técnicas específicas do Brasil (sobretudo em casos de comunicação sem fio entre os dispositivos). Outra vantagem é contar com suporte de assistência técnica em caso de necessidade de maneira rápida e eficaz. Aqui mesmo no nosso blog você pode ler o que mais considerar para fazer a escolha certa e atender o consumidor com precisão e perspicácia.

 

Para tornar sua busca mais prática, aposte na internet. É possível pesquisar por uma variada gama de acessórios, amplificadores, arandelas, caixas, kits prontos e subwoofers em sites revendedores de confiança. Aproveite para comparar os componentes, e então selecioná-los. Considere sempre começar a compra pelos alto-falantes, porque essa escolha é fator determinante para qualidade do som e a potência necessária do amplificador.

 

Avaliados os critérios necessários de escolha e compra você certamente terá um sistema de som residencial de qualidade para satisfazer seu cliente.


Para conhecer e saber mais sobre equipamentos de som, acesse nosso site e leia nosso blog.

 

< Anterior Próximo >