Som ambiente residencial: conforto com mais qualidade
23/12/2019

Som ambiente residencial: conforto com mais qualidade

Um levantamento da associação de produtores musicais Pró-Música divulgado em meados de abril aponta que o faturamento da indústria em 2018 chegou a US$ 216 milhões (R$ 832 milhões), cifra impressionante e positiva depois dos anos de retração do mercado fonográfico que teve seu ápice em 2015. A alta do mercado brasileiro chega a 30% e considera a venda de músicas em plataformas físicas e digitais. Isso é mais que o dobro do aferido no mundo 2017, que não passou dos 10%. Os dados colocam o país na décima posição global no ranking que mede o tamanho desse negócio nas nações. Mas ao que se devem estes números?

 

Simples: mais gente está ouvindo mais música, e faz isso por meio de dispositivos conectados como smartphones, tablets e outros. Eles oferecem praticidade e facilidade de uso, já que permitem ter um acervo imensurável acessível a partir de um aplicativo, mas não oferecem boa qualidade de áudio — sobretudo quando a ideia é fazer uma reunião de amigos ou uma pequena festa em casa.

 

A solução para que você tenha um ótimo som ambiente residencial sem perder a facilidade que o armazenamento das músicas em nuvem proporciona é  o tema deste e-book elaborado pelos nossos especialistas. Eles vão te ajudar a conhecer melhor os ambientes, saber identificar o que pode interferir na qualidade da experiência sonora e escolher os melhores equipamentos para o seu projeto de som residencial.

 

Quais os equipamentos mais adequados para o som ambiente residencial ter qualidade?

 

Uma série de especificações pode espantar o usuário que quer alinhar simplicidade e boa experiência sonora. Mas fique tranquilo: não é tão difícil quanto parece, principalmente se você considerar as sugestões que apresentamos neste material.

 

Clique aqui para baixar gratuitamente o e-book Som ambiente residencial: conforto com mais qualidade

 

Entre as opções de produtos disponíveis no mercado, estão:

 

  • arandelas borderless de 80W e 100W de potência;
  • arandelas anguladas;
  • caixas de som internas e externas;
  • amplificadores;
  • amplificadores de parede.

 

Cada item entrega uma potência e uma amplitude sonora diferentes. É importante definir, antes de começar a montar o projeto, quais expectativas você gostaria de ver atendidas após o sistema entrar em funcionamento.

 

Para esses e outros pontos importantes sobre a montagem de um projeto de som ambiente residencial, clique aqui agora e não perca tempo: monte o seu e deixe a sua casa mais agradável e valorizada.

 

< Anterior Próximo >